quarta-feira, 27 de outubro de 2010

Poema de E. E. Cummings



Eu gosto do seu corpo,
Eu gosto do que ele faz,
Eu gosto de como ele faz.

Eu gosto de sentir as formas do seu corpo
Dos seus ossos...

E de sentir o tremor firme e doce
De quando lhe beijo.

E volto a beijar
E volto a beijar
E volto a beijar

0 comentários:

Postar um comentário